(Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

O Bahia recebeu o Palmeiras na tarde deste domingo (17), na Arena Fonte Nova e o torcedor que assistiu a partida viu dois tempos totalmentes distintos. No primeiro, o Esquadrão foi muito melhor e teve as melhores chances de gol, mas na etapa final deu um "apagão" e cedeu empate para os visitantes. Com esse placar, o Tricolor segue sem vencer há sete jogos e dos últimos dez confrontos, venceu apenas um.

O JOGO

A primeira chance da partida surgiu antes mesmo de o ponteiro atingir o primeiro minuto. O meia-atacante Zé Rafael, do Palmeiras, aproveitou o cochilo da zaga do Bahia após a cobrança de lateral de Marcos Rocha e chutou a bola por cima do gol. Aos três minutos, Élber fez bela jogada pela direita e cruzou rasteiro para Ronaldo, que se atrapalhou com a bola e não conseguiu finalizar. A chance de gol mais clara da primeira etapa, antes do gol, aconteceu aos 14 minutos, com Gilberto. O atacante tricolor recebeu um lindo passe de Élber, saiu de cara com Wéverton, tentou encobrir o goleiro do Palmeiras que fez uma defesaça. Novamente o Bahia atacante, desta feita aos 36 minutos. Élber recebe bom passe, sai cara a cara com Weverton, que sai bem e mais uma vez salva o Palmeiras. Água mole em pedra dura... Foi aos 46 minutos que o Tricolor abriu o placar. Arthur Caíke de falta, após a barreira abrir e não dar chance para o goleiro do alviverde. O primeiro tempo é finalizado com o Bahia à frente.

SEGUNDO TEMPO

Logo aos dois minutos, Borja recebeu excelente passe de Lucas Lima, que havia entrado no intervalo, dominou e bateu forte, mas ela foi pra fora. Aos nove minutos, João Pedro cruza a bola na área, Arthur Caíke sobe mais do que Marcos Rocha e cabeceia bem, exigindo boa defesa de Wéverton. Após grande jogada de Dudu pela direita, Bruno Henrique recebe a bola na enrada da área e bate por cima do gol de Douglas, tudo isso aos 13 minutos. As chances de gol tinham esfriado até os 25 minutos, quando Dudu fez belo lançamento para Zé Rafael, que no setor esquerdo do ataque deu um passe em profundidade para Borja, dentro da grande área, com a perna esquerda bateu firme, com chance de defesa para Douglas, que não o fez, empatando o placar. Aos 30 minutos, Lucas Lima arriscou de fora da área, exigindo uma defesa difícil de Douglas. Aos 36, mais uma vez o Palmeiras teve uma chance clara de gol. Dudu invadiu a grande área, chutou no gol, a bola pegou no peiro de Borja e mais uma vez Douglas fez uma defesaça. Aos 44 minutos, Willian recebeu a bola sozinho, ele e Douglas. Escolheu demais o canto e acabou batendo pra fora, para a sorte do Bahia.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA x PALMEIRAS - SÉRIE A (33ª RODADA)

Data: 17 de novembro de 2019 (Domingo)
Horário: 16h00
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ)
Gols: Arthur Caíke (Bahia); Borja (Palmeiras)
Cartões Amarelos: Flávio e Ronaldo (Bahia)

BAHIA 
Douglas, João Pedro, Lucas Fonseca, Wanderson e Moisés; Gregore, Flávio (Shaylon) e Ronaldo; Élber (Lucca), Artur Caíke e Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Lucas Lima); Dudu, Zé Rafael (Willian) e Deyverson (Borja). Técnico: Mano Menezes


Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade