(Foto: )

A Secretaria de Educação (SEDUC) de Mata de São João está mobilizando a Rede Municipal de Ensino, especialmente os professores para a construção do Documento Curricular Referencial do município, que vai direcionar as ações do setor por área de conhecimento nos próximos anos, tendo como ponto de partida, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), instituída no ano passado pelo Ministério da Educação.


Desde o inicio desse ano, a equipe técnica da secretaria vem realizando ações para fortalecer os elementos que contribuem para que a educação de Mata de São João continue avançando. Importantes instituições colaboram para tal missão e são com os agentes diretos dos resultados que o próximo passo está sendo pensando, tendo como referência o documento implementado em âmbito estadual.


No dia 25 de novembro, na Escola Municipal Monsenhor Barbosa (EMMB), as 18h, foi realizada a primeira microassembleia com mediadores disponíveis, materiais impressos, leitura dos professores e contribuições. Até o dia 10 de dezembro serão seis encontros na sede e no litoral para validação das discussões.


Acesse este LINK que dá acesso ao formulário virtual de contribuição. Nele, o professor poderá sugerir alterações no texto ou então incorporar possibilidades a partir do segmento em que participa.  O acesso será livre até o 15/12. Após esta consulta pública, as contribuições serão analisadas e os documentos revisados pelos redatores e colaboradores.


A Secretaria de Educação reforça a importância da participação de todos os professores nessa construção, afinal de contas é um documento que representa pertencimento e vai determinar os próximos passos na educação municipal.


Cronograma definido pela Secretaria de Educação

– 25 e 27/11 e 09/12 – Escola Municipal Monsenhor Barbosa | 18h.
– 26 e 28/11 e 10/12 – Escola São Francisco – Praia do Forte| 17h.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email jornalismo@maisregiao.com.br. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade