O arquiteto Felipe Prior foi o décimo eliminado do “Big Brother Brasil 20” (Foto: Divulgação)

O arquiteto Felipe Prior foi o décimo eliminado do “Big Brother Brasil 20” com 56,73% dos votos. O paulista não resistiu a berlinda marcada pelo recorde de mais de 1 bilhão de votos  e que se configurou por fortes torcidas nas redes sociais. 

Na disputa que envolveu rivalidades do mundo exterior, Manu Gavassi foi a segunda mais votada da rodada com 42,51% dos votos. Já Mari, que integrou o paredão triplo fora da polarização, foi a menos votada com apenas 0,76% dos votos. 

 

Prior chegou ao seu terceiro paredão através da indicação da líder Gizelly. Como previamente informado pelo apresentador Tiago Leifert, o escolhido do líder ganharia o direito de indicar alguém para o paredão. Pensando em uma estratégia, Felipe indicou Manu. Azarada da vez, Mari acabou indo para berlinda após ter integrado a dupla com menor desempenho na prova do líder. 

 

Vale destacar que a definição do paredão ficou entre cinco participantes. Além dos três que vieram a ser emparedados, estiveram na “corda bamba” Gabi Martins, que foi dupla de Mari na prova do líder e Flayslane, votada pela casa e posteriormente escolhida por Gizelly diante de um empate. As duas sisters escaparam da decisão do público após a “Prova Bate e Volta”. 

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade