Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: Divulgação)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo federal faz "o que quer", em relação à Caixa Econômica Federal e o BNDES, e criticou a falta de autonomia no Banco do Brasil (BB), na reunião ministerial do dia 22 de abril, divulgada nesta sexta-feira (22). Guedes diz que o Banco do Brasil é "um caso pronto de privatização" e o governo "tem que vender essa porra logo".

"É um caso pronto e a gente não tá dando esse passo. Senhor já notou que o BNDES e o.... e o... e a Caixa que são nossos, públicos, a gente faz o que a gente quer. Banco do Brasil a gente não consegue fazer nada e tem um liberal lá. Então tem que vender essa porra logo", diz Guedes, se dirigindo ao presidente Jair Bolsonaro.

O "liberal", citado pelo ministro, é o presidente do BB, Rubem Novaes, também presente na reunião. Guedes pede que Rubem Novaes confesse "seu sonho", quando Bolsonaro intervém, e pede que o presidente do banco "deixe pra depois". Novaes comenta a proposta de privatização e, em resposta, Jair Bolsonaro diz que isso "só se discute, só se fala em 2023".

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso whatsapp 71 99663.6360 ou do email [email protected] Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal. TERMOS DE USO

mais notícias » Leia também

Publicidade
Publicidade