Sexta, 22 de Janeiro de 2021
(71) 99663.6360
Geral Salvador

Justiça converte em preventiva prisão de dois suspeitos nas mortes em Jaguaribe

Um terceiro suspeito de envolvimento, que fazia serviço de táxi, ainda passará por audiência de custódia.

08/01/2021 14h03
Por: Maryane Meira
G1/Bahia
G1/Bahia

Os dois homens presos na quarta-feira (6) suspeitos de envolvimento no ataque que deixou três pessoas mortas na praia de Jaguaribe, em Salvador, tiveram a prisão em flagrante convertida em provisória, pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A decisão foi anunciada na manhã desta sexta-feira (8), após audiência de custódia no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a dupla recebeu R$ 30 e R$ 50 para checar se havia blitz na Avenida Octávio Mangabeira (orla de Salvador), confirmar que o alvo do atentado estava na areia e, depois dos homicídios, dar fuga aos homens armados.

Eles foram presos em flagrantes no bairro de Valéria, um dia depois do crime. Um terceiro homem que fazia serviço de táxi na região e também participou do crime foi preso na manhã desta sexta-feira (8) e será o próximo a passar pela audiência de custódia.

Crime

O triplo homicídio ocorreu na tarde de terça-feira (5), na praia de Jaguaribe, orla de Salvador. Dois homens desceram até a faixa de areia e dispararam contra um grupo de pessoas que estava no local. Na ação, outras pessoas correram e acabaram baleadas.

O alvo do ataque era um homem identificado como Lucas Santos de Souza, de 27 anos, que morreu na areia. Além dele, a estudante Juliana Celina da Santana Silva Alcântara, de 20 anos, estava na praia com a mãe e próxima a Lucas, também foi baleada e morreu no local. A mãe dela foi atingida por um tiro de raspão na perna. Ela foi examinada e já recebeu alta médica.

A mãe de Juliana foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itapuã, para onde foram levadas outras duas pessoas baleadas ao tentarem fugir dos disparos. Uma delas foi o adolescente Igor Oliveira Lima Filho, de 17 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA.

Outra vítima levada para a UPA é um amigo de Lucas (alvo dos criminosos), que está internado no HGE em estado grave.

O corpo de Juliana foi sepultado no Cemitério Campo Santo, no bairro da Federação, na tarde de quarta-feira (6). O corpo de Igor foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, em Brotas, no início da mesma tarde.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Mata de São João - BA
Atualizado às 04h13 - Fonte: Climatempo
23°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 32°

23° Sensação
8.2 km/h Vento
85.7% Umidade do ar
60% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol e Chuva
Domingo (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias