Terça, 16 de Julho de 2024 06:50
(71) 99663.6360
Esporte Esquadrão

Bahia vence o Athletico-PR em confronto direto fora de casa e volta ao G4 do Brasileirão

Bahia controlou o jogo e conseguiu grande triunfo sobre o time paranaense

10/07/2024 22h34
Por: Luana Velloso Fonte: Correio*
Crédito: Rafael Rodrigues/EC Bahia
Crédito: Rafael Rodrigues/EC Bahia

Depois de cinco jogos, o Bahia colocou fim ao jejum de triunfos fora de casa no Campeonato Brasileiro. E a recuperação veio em grande estilo com a vitória por 3x1 sobre o Athletico-PR, em confronto direto na Ligga Arena, na noite desta quarta-feira (10).

Em um jogo no qual conseguiu controlar o adversário, o Esquadrão começou a construir o resultado positivo ainda no primeiro tempo, com gols de Everaldo e Biel. Na segunda etapa, o Athletico cresceu e descontou com Di Yorio, mas Luciano Juba, de falta, garantiu o placar favorável.

O triunfo fora de casa foi fundamental para a equipe baiana, já que o Athletico-PR estava na cola e poderia ter ultrapassado o tricolor na classificação. Com 30 pontos, o Bahia voltou ao G4 e está empatado com Palmeiras e Botafogo, que ainda jogam na rodada. O time paranaense caiu para a 7ª posição, com 25.

O Esquadrão terá agora dois confrontos seguidos em casa pela Série A. Neste sábado (13), enfrenta o Cuiabá, às 16h, na Fonte Nova. Já no domingo (21), o adversário será o Corinthians.

O JOGO

Diante da maratona de jogos que o Bahia tem enfrentado no Brasileirão, Rogério Ceni poupou alguns atletas e mudou as características da equipe. No meio-campo, Rezende e De Pena entraram nos lugares de Caio Alexandre e Everton Ribeiro, respectivamente. No ataque, Biel ficou com a vaga de Thaciano.

Apesar da mudança de peças, o Bahia manteve a postura de tentar ter a bola para controlar o jogo. Não demorou muito e o plano tricolor surtiu efeito.

Aos nove minutos, Jean Lucas e Biel articularam a jogada. O atacante tocou para Everaldo, que livre mandou uma bomba de bico e marcou um golaço.

A vantagem baiana fez o Athletico se lançar ao ataque. Os donos da casa apostavam na bola longa para tentar pegar a defesa do Bahia de surpresa, mas o tricolor conseguia se defender bem. Quando tinha a bola, o Esquadrão mostrou eficiência.

Aos 15 minutos, foi a vez de Everaldo iniciar a jogada e entregar para Jean Lucas. O volante cruzou rasteiro, o goleiro chegou atrasado e Biel mandou para o fundo das redes, fazendo 2x0 para o clube baiano.

De novo, o Athletico tentou pressionar o Bahia após o gol. O rubro-negro até conseguiu boa presença ofensiva, mas encontou um bloqueio montado pelo tricolor.

Superior no confronto, o Esquadrão era também mais perigoso no ataque. Pelo alto, Rezende quase marcou o terceiro, mas Léo Linck fez grande defesa e evitou o tento.

O goleiro do Athletico aliás, foi o motivo do Esquadrão não ter ido para o intervalo com uma goleada. Aos 38 minutos, Cauly descolou passe para Biel, que entrou livre e chutou cruzado, mas Léo Linck salvou de novo. Antes do fim, Cauly também teve uma grande chance e perdeu um gol incrível, mas o impedimento foi marcado.

No segundo tempo o panorama seguiu bem parecido, mas dessa vez, a pressão do Athletico surtiu efeito. Aos 14 minutos, Fernando cruzou pelo esquerdo, Di Yorio subiu mais do que Juba e descontou para o rubro-negro.

O gol inflamou a torcida da casa e o Furacão seguiu em cima buscando o empate. Ceni então fez as primeiras mudanças no Bahia. Everton Ribeiro, Thaciano e Ademir foram para o campo nos lugares de De Pena, Biel e Everaldo.

O tricolor viu o Athletico ter mais posse de bola e passou a jogar no contra-ataque. Em uma rápida escapada, Thaciano tentou encobrir o goleiro e por muito pouco não marcou um golaço.

Sem conseguir atacar pelo chão, a solução do Bahia foi tentar na bola parada. Aos 32 minutos, Luciano Juba cobrou falta direta e contou com o desvio em Thiago Heleno para fazer o terceiro do Esquadrão no jogo e decretar o triunfo fora de casa.

FICHA TÉCNICA

Athletico-PR 1x3 Bahia - Campeonato Brasileiro (16ª rodada)

Athletico-PR: Léo Linck, Léo Godoy (Madson), Thiago Heleno, Gamarra e Fernando; Fernandinho, Gabriel (Zapelli) e Christian; Emersonn (Pablo), Di Yorio e Julimar (Cuello). Técnico: Juca Antonello.

Bahia: Marcos Felipe, Gilberto (Cicinho), Gabriel Xavier, Kanu e Luciano Juba; Rezende, Jean Lucas (Caio Alexandre), De Pena (Everton Ribeiro) e Cauly; Biel (Thaciano) e Everaldo (Ademir). Técnico: Rogério Ceni.

Local: Ligga Arena

Gols: Everaldo, aos 9, Biel, aos 15 minutos do 1º tempo, Di Yorio, aos 14, Luciano Juba, aos 32 do 2º tempo

Cartão amarelo: Fernandinho, Thiago Heleno (Athletico-PR); Everaldo, Danilo Fernandes, Marcos Victor, Rezende (Bahia)

Público: 23.307 torcedores

Renda: R$ 709.145,00

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima (MG), auxiliado por Fernanda Nandrea Gomes Antunes (MG) e Schumacher Marques Gomes (PB).

VAR: Daiane Muniz (SP)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mata de São João, BA
Atualizado às 05h50
22°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 28°

23° Sensação
0.13 km/h Vento
99% Umidade do ar
100% (5.65mm) Chance de chuva
Amanhã (17/07)

Mín. 18° Máx. 27°

Tempo nublado
Amanhã (18/07)

Mín. 19° Máx. 27°

Chuvas esparsas