Terça, 27 de Outubro de 2020
(71) 99663.6360
Geral Leonardo Rodrigues

As Mulheres nas Olimpíadas

Compartilhe nosso artigo em sua rede social ou envie no WhatsApp

29/09/2020 09h55
Por: Maryane Meira Fonte: Leonardo Rodrigues
Reprodução
Reprodução

Já que não teremos os tão aguardados Jogos Olímpicos de Tóquio no ano de 2020, vamos falar um pouco mais sobre esse evento tão importante para o esporte! Hoje eu vou trazer algumas curiosidades a respeito da participação das mulheres nas Olimpíadas.

No último texto eu lhes contei que na primeira edição dos Jogos Olímpicos de Verão da Atualidade não foram permitidas mulheres na competição. E se dependesse de Pierre de Coubertein, isso continuaria assim por muito tempo! Mas, ainda bem que não foi o caso.

Em 1900, os Jogos de Paris misturaram-se com a Exposição Universal de Paris, a desorganização era tremenda, o evento durou mais de 5 meses e havia diversos eventos acontecendo ao mesmo tempo. O Barão de Coubertein, completamente aborrecido com a situação, até abandonou a organização do evento.

Mas o fato é que, dos 997 atletas que participaram dos Jogos de 1900, 22 eram mulheres. Dentre elas estava Charlotte Cooper, tenista, 5 vezes campeã de Wimbledon e também a primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro nas Olimpíadas! E não apenas 1, mas 2 medalhas! Pois ela conquistou o campeonato simples e em duplas mistas.

Em 1932, nos Jogos de Los Angeles, uma brasileira se tornou a primeira mulher Sul-Americana a participar dos Jogos Olímpicos de Verão, seu nome: Maria Lenk. Com apenas 17 anos, Maria Lenk, junto com outros 68 atletas, foi a Los Angeles em um navio carregado de café, para poder custear a viagem com a venda da mercadoria nas paradas da viagem. Alguns desses atletas não puderam desembarcar, pois eles não arrecadaram o dinheiro suficiente para que todos pudessem saltar na terra do Tio Sam.

Apesar de não ter conquistado medalhas Olímpicas, a nadadora marcou ainda mais seu nome na história da natação em 1936, em Berlim, quando nadou uma prova da modalidade peito, com um nado inovador, o nado borboleta.

Durante a preparação para os Jogos de 1940, em Tóquio, ela quebrou 2 recordes mundiais, tornando-se a primeira e única brasileira a realizar esse feito e virou a favorita para a competição que, infelizmente, não aconteceu, por conta da Segunda Guerra Mundial.

Mesmo sem ter conquistado uma medalha Olímpica, Maria Lenk é um marco para a natação mundial, sendo a única brasileira no Hall da Fama da Natação.

Já em 1996, em Atlanta, 4 mulheres fizeram história nos Jogos Olímpicos da melhor forma possível! Naquele ano era a estreia da modalidade Voleibol de Praia, esporte disputado em duplas. Representando o Brasil estavam as duplas Jacqueline Silva/Sandra Pires e Adriana Samuel/Mônica Rodrigues, que conquistaram uma dobradinha! Ouro e prata! Tornando-se as primeiras mulheres medalhistas do Vôlei de Praia e, também, as primeiras mulheres medalhistas do Brasil!

Ainda em Atlanta, mais 2 equipes femininas do Brasil subiram ao pódio, juntando-se às meninas do Vôlei de Praia, como as primeiras medalhistas brasileiras. A equipe do Basquetebol ficou com a prata e a equipe do Voleibol de Quadra ficou com o bronze.

Já a primeira medalha de ouro em modalidade individual, veio para o Brasil apenas em 2008, quando a saltadora em distância Maurren Maggi conquistou o ouro nos Jogos de Pequim, com um salto de 7,04m.

Essas são apenas algumas das inúmeras mulheres que fizeram história durante os Jogos Olímpicos, infelizmente, não dá para trazer todas em um texto só, mas, para quem gostou do tema e quer ler mais, posso indicar um livro sensacional, chama-se “Atleta: substantivo feminino”.

Mês que vem estaremos de volta falando um pouco mais sobre Olimpíadas, trazendo mais curiosidades e informações inusitadas. Até lá!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Leonardo Rodrigues
Sobre Leonardo Rodrigues
Carioca da gema e baiano de coração, é estudante de Educação Física, reside em Praia do Forte. Escreve uma vez por mês.
Mata de São João - BA
Atualizado às 09h35 - Fonte: Climatempo
28°
Pancada de chuva

Mín. 23° Máx. 30°

29° Sensação
16.2 km/h Vento
56.2% Umidade do ar
80% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quinta (29/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias