Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
(71) 99663.6360
Geral Paralisação

Associação confirma greve dos caminhoneiros em 1º de fevereiro; Bahia vai aderir

O preço está um absurdo, não temos condição de trafegar assim”, sinalizou o representante.

15/01/2021 13h46 Atualizada há 1 mês
Por: Keila Abreu Fonte: Bahia Notícias
Reprodução/ Desconhecida
Reprodução/ Desconhecida

Está confirmada uma paralisação dos caminheiros em todo o Brasil no dia 1º de fevereiro e a Bahia está preparada para aderir. A informação foi anunciada pelo presidente da Associação Nacional do Transporte Autônomos do Brasil (ANTB), José Roberto Stringasci, nesta sexta-feira (15), durante entrevista ao Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM 92,3. Ele ainda criticou o posicionamento do governo, descaso e falta de negociação do presidente Jair Bolsonaro e fez críticas a representação da categoria.

Stringasci destacou que a principal pauta dos caminhoneiros está relacionada aos preços dos combustíveis. “A questão primordial é a do combustível. O preço está um absurdo, não temos condição de trafegar assim”, sinalizou o representante.

“Toda semana aumenta combustível. Então a categoria está pedindo redução imediata do preço para que tenha um preço nacional do combustível com reajuste anual ou a cada seis meses. A categoria não suporta o aumento”, disse durante a entrevista.

Nesta quinta-feira (15) o ministro da Infraestrutura do governo de Jair Bolsonaro, Tarcísio de Freitas, se reuniu com entidades e representantes da categoria para discutir o tema. Stringasci reclamou do fato da Associação Nacional do Transporte Autônomos do Brasil não ter sido convidada para a discussão.

A única chance dos caminhoneiros recuarem na decisão de realizar a greve em 1º de fevereiro é se o próprio presidente Jair Bolsonaro entrar na negociação, afirmou o presidente da ANTB. “Primeiro lugar pedindo que na reunião o presidente se faça presente, uma vez que todo esse tempo que categoria vem aguardando solução, e que não foi dado, agora quer que o presidente esteja junto”, ponderou.

Segundo ele, a estimativa da Associação é de que 60% da categoria vai aderir à paralisação. Stringasci aproveitou a oportunidade para convocar mais caminhoneiros para aderirem a greve.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mata de São João - BA
Atualizado às 06h13 - Fonte: Climatempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 25° Máx. 34°

30° Sensação
7.1 km/h Vento
79.9% Umidade do ar
90% (18mm) Chance de chuva
Amanhã (28/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Segunda (01/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias