Segunda, 26 de Outubro de 2020
(71) 99663.6360
Mata de São João Em entrevista

Gão propõe projetos ligados a geração de emprego em Mata de São João

João José de Araújo, 59 anos, é economista e advogado, aposentado pela Petrobras.

23/09/2020 14h20 Atualizada há 1 mês
Por: Maryane Meira
Arquivo Mais Região
Arquivo Mais Região

O matense João José de Araújo, candidato a prefeito de Mata de São João pelo PSC, em entrevista no Mais Região, reiterou que se eleito for, abrirá mão do salário de prefeito entre outros gastos para viabilizar a construção da estrada que liga sede ao litoral, (BA-505) com recursos do próprio município. Conforme Gão, como é popularmente conhecido, a requalificação da estrada vai promover a geração de emprego e fazer do comércio uma economia pujante, entre outras iniciativas que visam melhorar e valorizar a população matense.

No bate-papo, que ocorreu na sede do portal Mais Região, nesta quarta-feira (23), seguindo os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS), o pré-candidato que tem como vice Jorge Dórea, falou que jamais aceitaria se aliar a ex-prefeita Márcia Dias.

Confira a entrevista.

MR - Quem é Gão?

Gão - João José de Araújo, 59 anos, economista e advogado, aposentado pela Petrobras.

MR - Quando surgiu o desejo de disputar as eleições para prefeito de Mata de São João?

Gão - Eu sempre tive ligação com a política e na faculdade despertei para a política matense. Eu morava numa rua onde a maioria dos antigos prefeitos de Mata moravam, então eu tinha um pensamento diferente, pois tinha um certo contato com alguns administradores de Mata de São João, como Coronel Santinho, eu andava muito na casa desses antigos prefeitos.

MR - Quais os projetos ligados a geração de emprego que você pretende colocar em prática, caso seja eleito?

Gão - A estrada que liga sede ao litoral é o motor de crescimento em Mata de São João. A via da integração Coronel Santinho, intitulado por mim, será uma estrada que vai possibilitar o deslocamento de funcionários de resorts do litoral matense que moram na sede da cidade, de maneira mais rápida, ao invés de contratar funcionários de outras cidades. Com a revitalização da estrada, os pequenos produtores terão facilidade em escoar os alimentos para hotéis e resorts do litoral. A própria construção da estrada vai gerar empregos na cidade, a estrada será construída com recursos próprios e com profissionais de Mata de São João, porque o governo do Estado nunca vai fazer. O economista que está fazendo o orçamento é matense, Paulo Sacramento; os engenheiros são de Mata, Jurandir, Rui e José Alves, especializados em pontes e estradas. Os operários serão matenses.

A outra proposta é a criação da ciclovia, que vai movimentar e fortalecer o comércio local.

MR - Como será essa nova ciclovia?

Gão - A ciclovia ecológica será construída ligando Amado Bahia à Pitanga, passando em todos os bairros, trazendo mobilidade urbana, lazer, promoção da saúde e fortalecimento do comércio local. Porque se alguém tiver uma bicicleta quebrada em casa e for motivado a pedalar, essa pessoa vai procurar no comércio um local que faça reparos na bicicleta, ou até comprar uma nova e todos os equipamentos necessários. Hoje o esporte que mais cresce é o ciclismo e os atletas precisam de uma via para a prática dessa modalidade.

MR - Como o projeto da coleta seletiva iria contribuir com a geração de emprego na cidade?

Gão - Com a coleta seletiva e subterrânea de lixo iremos fomentar a criação de cooperativa de reciclados, onde vamos gerar emprego e renda para os cooperados, além de promover a educação ambiental no município, sinalizando sobre a importância da separação do lixo, melhorando a poluição visual, com os coletores de lixo padronizado.

MR - Mata de São João lidera, pela segunda vez, o ranking com o melhor IDEB entre as cidades da Região Metropolitana de Salvador. Como você avalia esse índice na educação?

Gão - Se o MEC está dizendo que o IDEB é melhor da região metropolitana, então é o melhor e temos que melhorar sempre, para chegar em um patamar ainda maior. É através da educação que as pessoas conseguem melhores oportunidades. Apesar do IDEB alto, o que percebo é que nossos jovens precisam ser mais motivados, muitos deles só vão para a escola por conta da merenda escolar. Eles precisam ser motivados a estudar. Pretendo formar um grupo de estudo para os alunos que têm distorção de série idade possam ser encaminhados para prática de atividades ligadas a tecnologia que possam gerar renda.

MR - Na saúde, você acredita que houve avanços?

Gão - A saúde é péssima em Mata de São João. De maneira geral, ouço muitas reclamações sobre marcação de exames, ainda existem muitas indicações que oportunizam algumas pessoas de forma mais rápida e outras não. Os PSF poderiam ampliar os horários de atendimentos durante a semana ou realizar atendimentos aos sábados e domingos. Falta acompanhamento médico às pessoas que trabalham em empresas instaladas em Mata de São João. A medicina ocupacional não existe na saúde pública de Mata.

MR - Você se aliaria aos outros candidatos de oposição?

Gão - Com Márcia eu jamais me aliaria, pois não tem afinidade. Eu não tenho nada contra Lulu e nem ficaria falando mal dela, pois os erros, a população que julga. Mas, também não queria me unir a ela, pois a vice-prefeita e tem mais 20 anos de vida pública, e o que foi que ela fez? Nada. Paulo Henrique, eu não tenho essa amizade toda, pois ele foi criado em Salvador. Agora na política, a gente conversou muito. Porém, na verdade, não aconteceu uma união entre Paulo Henrique e eu, porque ele se aliou a Márcia e Lulu. Ele teve que aguardar o resultado das pesquisas e eu não poderia ficar esperando. Eu precisava tocar meu projeto.

MR - Gostaria que você deixasse uma mensagem para a população matense?

Gão - Apesar de terem feito um bom governo, isso é inegável, chegou a hora da mudança. São 16 anos no poder, precisa haver uma alternância de poder, se não vai virar uma ditadura. Nesse tempo todo, as pessoas que compõem a gestão se sentem donas. A gente vê são secretários abusando do poder, subprefeito do litoral cometendo abuso e perseguindo os ambulantes em Praia do Forte. Chegou a hora da mudança e acabar com as mordomias e privilégios. Temos que mudar!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Mata de São João - BA
Atualizado às 01h33 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 32°

24° Sensação
8.4 km/h Vento
88.1% Umidade do ar
67% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias