Quarta, 01 de Dezembro de 2021 04:17
(71) 99663.6360
Dólar comercial R$ 5,62 0%
Euro R$ 6,38 0%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.021%
Bitcoin R$ 339.675,53 -0.711%
Bovespa 101.838,85 pontos -0.95%
Política em Foco Eleições 2022

PSDB afirma que vai concluir votação das prévias até o próximo domingo

Eduardo Leite, um dos pré-candidatos do partido, afirmou que as informações da nota estão equivocadas

22/11/2021 21h48
Por: Maryane Meira Fonte: CNN
Reprodução
Reprodução

O PSDB anunciou na noite desta segunda-feira que a votação das prévias presidenciais do partido será concluída até o próximo domingo (28).

A decisão foi tomada em conjunto pela direção do partido e pelos três pré-candidatos, segundo o partido. A informação não é confirmada por Eduardo Leite, um dos candidatos das prévias.

“A gente está diante de um impasse. A nota [divulgada pelo PSDB] está equivocada. […] Não houve esse acordo, até porque não se tem acordo sobre uma ferramenta que não se conhece”, afirmou.

Em resposta, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, afirmou que conversou com Leite antes do anúncio oficial. 

“Pode até ter havido uma mudança de posição, mas obviamente eu não sou nenhum leviano e com a responsabilidade que tenho, e com tudo isso que estamos vivendo, estar fazendo qualquer tipo de entendimento este sem ter conversado. Foi devidamente tratado”, afirmou o presidente do PSDB.

Araújo também disse que a expectativa é que as prévias sejam retomadas até quarta-feira, com o processo tendo previsão de conclusão até domingo.

Na nota publicada, o partido afirma que ainda aguarda manifestação da empresa contratada para a implementação do aplicativo de votação Se, até esta terça-feira, ela não oferecer garantias concretas de viabilidade e robustez da solução contratada, o PSDB adotará tecnologia privada para concluir o processo de prévias. A Faugs, a empresa citada, ainda não apresentou conclusões sobre as razões das dificuldades.

O PSDB ainda afirma que todos os votos registrados desde a abertura da votação neste domingo estão válidos e serão computados.

As prévias presidenciais do PSDB, disputadas pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o governador de São Paulo, João Doria, e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgilio, foram adiadas no último domingo após uma falha no aplicativo de votação do partido. Foi realizada nesta segunda uma reunião para resolver os próximos passos.

As campanhas de Doria e Virgilio defendem que a votação seja retomada no próximo domingo, enquanto a campanha de Leite argumenta que, se possível, elas deveriam ser retomadas já na próxima terça-feira (23).

Doria divulgou na noite desta segunda uma nota apoiando a decisão do partido.

“É preciso concluir o processo eleitoral de consulta interna. Qualquer alternativa que não seja a rápida conclusão da votação é um desrespeito à vontade da maioria partidária. É violentar as prévias. É negar a democracia”, afirma o governador de São Paulo.

Leia a íntegra da nota do PSDB

A votação para escolha do candidato do PSDB à presidência da República será concluída até o próximo domingo, dia 28. A decisão foi tomada em conjunto pela direção do partido e pelos três pré-candidatos.

O partido ainda aguarda manifestação da empresa contratada, a Faurgs. Se, até esta terça-feira, ela não oferecer garantias concretas de viabilidade e robustez da solução contratada, o PSDB adotará tecnologia privada para concluir o processo de prévias. Em qualquer alternativa, a integridade do processo eleitoral será rigorosamente observada.

Como afirmado em nota divulgada ontem, até o momento a Faurgs não apresentou conclusões sobre as razões das dificuldades.

Reiteramos que todos os votos registrados desde a abertura da votação neste domingo estão válidos e serão computados.

Leia a íntegra de João Doria

JOÃO DORIA APÓIA O PRESIDENTE DO PSDB NA DEFESA DAS PRÉVIAS

A campanha do candidato João Doria confirma apoio às soluções anunciadas pelo presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo. A democracia interna exige respeito aos filiados que se cadastraram para votar. Existem soluções para garantir as manifestações de todos os filiados que se inscreveram nas prévias. É preciso concluir o processo eleitoral de consulta interna. Qualquer alternativa que não seja a rápida conclusão da votação é um desrespeito à vontade da maioria partidária. É violentar as prévias. É negar a democracia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.