Quarta, 19 de Janeiro de 2022 17:36
(71) 99663.6360
Dólar comercial R$ 5,46 -1.891%
Euro R$ 6,2 -1.622%
Peso Argentino R$ 0,05 -2.022%
Bitcoin R$ 242.722,84 -0.456%
Bovespa 108.151,25 pontos +1.39%
Política em Foco Campanha

Em contraponto a Bolsonaro, Moro busca apoio de militares

O Podemos tem dialogado com militares, entre eles dissidentes do governo federal, em busca de apoio à candidatura do ex-juiz federal

03/12/2021 11h09
Por: Maryane Meira
Reprodução/Desconhecida
Reprodução/Desconhecida

Na tentativa de fazer um contraponto ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-juiz federal Sergio Moro tem ensaiado uma aproximação com generais da reserva.

Segundo relatos feitos pela CNN Brasil, o movimento de aproximação do segmento militar, considerado um dos pilares de sustentação da atual gestão, tem sido capitaneado pelo ex-ministro da Secretaria de Governo Carlos Santos Cruz.

O general da reserva se filiou na semana retrasada ao Podemos, partido de Sergio Moro. Desde então, a sigla tem consultado militares sobre a campanha presidencial.

No mês passado, a presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, participou de almoço com um grupo de militares. E, segundo integrantes da legenda, a ideia é que Sergio Moro participe de uma reunião em breve com generais da reserva.

Na tentativa de se viabilizar como uma terceira via, o Podemos tem buscado a filiação de nomes críticos ao atual governo federal.

Para a próxima sexta-feira (10), foi marcado evento de filiação do ex-procurador Deltan Dallagnol. Ele deve concorrer ao cargo de deputado federal pelo Paraná.

Além de Moro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também avalia marcar encontros com generais da reserva para tentar diminuir resistência ao seu nome.

Em um primeiro momento, o movimento se daria através de aproximação com militares que exerceram postos de destaque durante os governos petistas.

O esforço de Lula tem sido o de tentar reduzir o incômodo ao nome dele na cúpula das Forças Armadas, que, segundo militares do governo, criou resistências ao petista após a criação da Comissão da Verdade, durante o governo Dilma Rousseff.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Dias d'Ávila - BA
Atualizado às 17h36 - Fonte: Climatempo
30°
Pancada de chuva

Mín. 25° Máx. 32°

34° Sensação
20.6 km/h Vento
64.2% Umidade do ar
67% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sexta (21/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol e Chuva