Segunda, 15 de Julho de 2024 06:02
(71) 99663.6360
Camaçari Aniversário

Polo de Camaçari completa 46 anos mudando vidas através da geração de oportunidades

Complexo industrial avança na história promovendo desenvolvimento econômico e social

30/06/2024 09h40 Atualizada há 2 semanas
Por: Luana Velloso Fonte: Correio*
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Há 46 anos, no dia 29 de junho de 1978, a cidade de Camaçari, que nas décadas de 1960 e 1970 se tornou mundialmente famosa por atrair grandes personalidades das artes e celebridades para o seu litoral paradisíaco, entrou também no mapa da economia internacional com o início das atividades do Polo Industrial, o primeiro complexo petroquímico planejado do Brasil. A partir da sua inauguração, o Polo exerceu uma transformação imediata no município, seu entorno, bem como em todo o estado da Bahia.

Despontando desde os seus primeiros anos como um importante vetor de desenvolvimento econômico e atração de investimentos, o Polo de Camaçari se mantém, há mais de quatro décadas, como referência na produção industrial para diversos setores como químico-petroquímico, pneus, metalurgia do cobre, têxtil, celulose, fertilizantes, fármacos, energia eólica, bebidas e serviços (incluindo logística).

Atualmente, o Polo segue mantendo importância estratégica para a Bahia. Com um faturamento anual que gira em torno de US$15 bilhões, o complexo é responsável por 15% das exportações baianas, respondendo por 22% do Produto Interno Bruto da indústria de transformação do Estado, com uma capacidade produtiva superior a 12 milhões de toneladas/ano.

Gerido pelo Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic), o Polo vai muito além dos números frios, promovendo ano após ano transformações na vida dos baianos, principalmente através da geração de empregos. Segundo o Comitê, através de um investimento global que gira em torno de US$16 bilhões, o complexo mantém 40 mil postos de trabalho (sendo 10 mil diretos e 30 mil indiretos).

Um deles é o técnico em elétrica Luiz Dias, que há 18 anos trabalha no setor de manutenção de uma empresa do setor químico. “Eu posso dizer que o Polo foi um fator de transformação na vida da minha família. Meu pai entrou em uma das primeiras levas de operários contratados pelas empresas que se instalaram aqui”, relata.

"Nossa família é de origem humilde e o meu pai foi o primeiro a conquistar uma qualificação técnica. Os irmãos, sobrinhos e filhos também seguiram esses passos. Hoje temos orgulho de fazer parte do Polo e de Camaçari", contou Luiz Dias, técnico em elétrica.

Além do impacto direto por meio da geração de emprego e renda, o complexo industrial é também uma importante fonte de transformação para a vida dos cidadãos baianos, principalmente dos habitantes de Camaçari e Dias D’Ávila, municípios que têm cerca de 90% da sua receita tributária anual proveniente da arrecadação junto às empresas do Polo. Investimentos em todas as áreas de gestão dos municípios são viabilizados anualmente através da arrecadação de tributos.

De acordo com o secretário da Administração da Prefeitura de Camaçari, Helder Almeida, a gestão tem buscado trabalhar em parceria para estimular cada vez mais o desenvolvimento do Polo, potencializando o desenvolvimento econômico tanto do complexo quanto da cidade. 

"Desenvolvimento econômico é o caminho para que possamos promover inclusão social, e os benefícios são imensos. As pessoas empregadas consomem no comércio, nos serviços, vão a bares e restaurantes, ou seja, toda uma cadeia econômica é beneficiada", afirmou Helder Almeida, secretário da Administração da Prefeitura de Camaçari.

“O município atua como parceiro para fornecer as melhores condições às empresas, tanto as novas quanto aquelas que já estão instaladas no Polo. Entre as ações conjuntas, vou citar aqui dois pontos. No pós-pandemia, nós desenvolvemos um amplo programa de atração de investimentos para Camaçari, e o Polo Industrial é um dos nossos mais importantes cartões de visita. Além disso, nós buscamos parcerias constantes para capacitação e formação da mão de obra, de forma a atender à demanda das empresas e também garantir empregos para nossa população”, fala.

A qualificação da mão de obra local e a geração de oportunidades de negócios que geram o desenvolvimento da região vão muito além da criação de postos de trabalho. O acesso à qualificação profissional e ações sociais que têm por objetivo impulsionar o bem-estar da população do entorno do complexo industrial é uma marca da relação entre o Polo e a sociedade.

Uma das principais aliadas na promoção do desenvolvimento econômico e social, alavancado pelas atividades do Polo Industrial de Camaçari, é a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB). Através da qualificação da mão de obra local, por meio de entidades como SESI, SENAI e IEL, a instituição tem um papel fundamental na ampliação da competitividade das empresas. “O Sistema FIEB, por meio de suas entidades, contribui para apoiar a indústria do Polo a qualificar e preparar sua mão de obra, atuando de forma a não apenas renovar, como também formar mais pessoas especializadas para lidar com estes desafios”, explica o superintendente da FIEB, Vladson Menezes.

Reconhecido como referência pelas indústrias, que buscam de forma constante talentos formados por suas entidades, o Sistema FIEB também tem atuado como um importante hub de inovação e troca constante entre a instituição e o Polo.

"A presença das nossas entidades na região metropolitana, promovendo inovação, disseminando novas tecnologias e conectando as pessoas para o chamado da indústria 4.0 se deve, dentre outros, à existência de uma indústria forte e estratégica, sediada no Polo de Camaçari", disse Vladson Menezes, superintendente da FIEB.

Muito além da geração de emprego e renda, a atuação das empresas do Polo Industrial de Camaçari também oferece uma série de contrapartidas para a sociedade através de ações que buscam alcançar, de forma positiva, a vida das comunidades localizadas no entorno do complexo industrial. Através de políticas e programas que buscam promover a educação, saúde e o bem-estar social da população, as empresas que integram o Polo contribuem com a região onde estão inseridas.

Um exemplo de investimento em parcerias com instituições locais é a Tronox, líder mundial na produção de pigmento de dióxido de titânio (TiO2), que tem realizado diversos trabalhos em conjunto com instituições de ensino da região, com o objetivo de potencializar a formação de mão de obra local, bem como promover soluções que melhorem os processos internos e a produção sustentável.

"Ao se aproximar do meio século de existência, o Polo mostra mais uma vez sua capacidade de ser pioneiro, abrigando entre suas empresas importantes iniciativas de sustentabilidade, tanto no aspecto ambiental quanto no social", afirmou Roberto Garcia, diretor para Américas da Tronox.

“Nesse cenário, é importante citarmos as parcerias realizadas com as universidades, escolas técnicas e centros de pesquisa, seja para o desenvolvimento de tecnologias mais limpas de produção, seja para a qualificação profissional de jovens para atuarem no setor. O Polo mudou a cara da economia baiana e continua na vanguarda da atividade econômica em nosso estado”, comenta.

O Polo em números:

Início de Atividades: 29.06.1978
Empresas em operação: mais de 90
Empregos: 10 mil diretos / 30 mil indiretos
Faturamento: US$ 15 bilhões/ano 
Exportações: mais de 15% do total exportado pelo Estado da Bahia
Impostos: mais de R$ 3 bilhões/ano em ICMS para o Estado da Bahia 
Mais de 90% da receita tributária de Camaçari e Dias D'Ávila
Participação no PIB da Indústria de Transformação/Bahia: 22%

Principais segmentos:
Químico – Petroquímico
Química Fina (fármacos)
Celulose
Têxtil
Metalurgia do Cobre
Fertilizantes
Pneus
Automotivo
Energia Eólica
Bebidas
Serviços

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Mata de São João, BA
Atualizado às 05h03
25°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 28°

26° Sensação
0.69 km/h Vento
87% Umidade do ar
100% (1.38mm) Chance de chuva
Amanhã (16/07)

Mín. 19° Máx. 28°

Chuva
Amanhã (17/07)

Mín. 19° Máx. 28°

Chuvas esparsas