Quinta, 19 de Maio de 2022 07:59
(71) 99663.6360
Dólar comercial R$ 4,97 -0.001%
Euro R$ 5,2 0%
Peso Argentino R$ 0,04 +0.001%
Bitcoin R$ 152.442,55 -1.089%
Bovespa 106.247,15 pontos -2.34%
Política em Foco Eleições 2022

Ministro da Defesa pede a troca do general da comissão eleitoral

A Comissão de Transparência das Eleições (CTE), foi criada para ampliar a segurança durante o pleito

09/05/2022 14h29
Por: Maryane Meira Fonte: Mais Região
Reprodução
Reprodução

 

O ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, por meio de um ofício, enviado no dia 28 de abril, solicitou ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, que substitua o general Heber Garcia Portella. O ministro quer passar a integrar a Comissão de Transparência das Eleições (CTE), criado pelo TSE, como representante das Forças Armadas.

Se for efetivada a mudança, vai garantir a presença de um militar mais próximo do presidente Jair Bolsonaro (PL), que, até o momento sem provas, questiona a segurança das urnas eletrônicas e pede uma apuração paralela das Forças Armadas. Além disso, Portella, general de terceira divisão, é visto como um quadro técnico, enquanto o ministro da Defesa é um cargo político.

De acordo com o documento, a justificativa do ministro da Defesa, Paulo Sérgio, é referente a “centralização das demandas da comissão”, a retirada de Portella, já que o Plano de Ação para Ampliação da Transparência do Processo Eleitoral, foi finalizado em 25 de abril.

O TSE informou nesta segunda-feira, 9, que responderá às propostas do Ministério da Defesa em relação às eleições deste ano até a próxima quarta-feira, 11, mas que o período para mudança no pleito de 2022 já foi encerrado.

Questionado se é possível fazer a substituição do general Heber, o TSE ainda não respondeu. Procurado, o Ministério da Defesa também não se manifestou até agora sobre o pedido de substituição do general Portella, que é  comandante da Defesa Cibernética.

No documento ao TSE, o ministro da Defesa alega que general Portella já cumpriu a tarefa para qual foi designado e solicita que todas as demandas da comissão, a partir de agora, passem a ser direcionadas a ele.

“Solicito a vossa excelência que, a partir desta data, as eventuais demandas da CTE direcionadas às Forças Armadas, tais como solicitações diversas, participações em reuniões, etc, sejam encaminhadas a este ministro, como autoridade representada naquela comissão”, argumenta Paulo Sérgio.

O general Heber Garcia Portella havia enviado uma série de questionamentos à CTE sobre o pleito de outubro, entre eles, algumas das falas em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) costuma reiterar. Ele foi indicado pelo ex-ministro da Defesa e cotado a futuro vice-presidente da República Walter Braga Netto.

Paulo Sérgio finaliza a mensagem endereçada a Fachin dizendo que “enseja a reafirmação do compromisso das Forças Armadas em contribuir no que for necessário para a paz e a segurança do pleito eleitoral”. “Bem como para manifestar os votos de que a Corte Eleitoral tenha pleno éxito em suas atividades, essenciais para a democracia e para a harmonia da sociedade brasileira”, finaliza.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Dias d'Ávila - BA
Atualizado às 07h53 - Fonte: Climatempo
26°
Pancada de chuva

Mín. 23° Máx. 31°

27° Sensação
17.4 km/h Vento
69.9% Umidade do ar
60% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (20/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 28°

Sol e Chuva
Sábado (21/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 28°

Sol e Chuva